Veja o Mundo da minha maneira.

Culpa

sexta-feira, 22 de outubro de 2010


  Liberte-se de mim oh culpa, causadora da minha extrema melancolia, deixe-me sozinho um dia para que possa lutar pela minha alma, secretamente tentando preencher o vazio que deixou dentro de mim.
  Ferozmente a me torturar, afanando o meu desejo de viver, gatuna e cruel é isso que és, uma destruidora de sonhos.
 Preciso tirar você de dentro do meu coração, esquecer essa razão que é você, reanimar os meus sentidos e acreditar que essa culpa agora faz parte do meu passado.
 Não quero mais fazer parte de uma pilha de erros, quero fazer dos meus defeitos uma razão para viver, e assim reparalos...
Leia Mais...

Visão Mortal



  Você viu a morte, e eu estava la para te salvar, mas pouco a pouco você foi me afastando, e assim se consumindo em minha ausência.
  Lembre-se, vivemos o hoje com as consequências do nosso passado...
  Você não quis me ouvir, apenas  virou o rosto enquanto as palavras pairavam pelo ar...
  E você se foi..., dessa vez para bem longe onde não pude te encontrar...
  E eu também fui, fui por consciencia de que em qualquer lugar estaria melhor que ao lado de um corpo frio e vazio, que já morreu a algum tempo, de morte emocional...
  Mas no fim, eu sobrevivi, pois em mim ainda existe amor, em mim só morreu você...
Leia Mais...

Decadência Mental.

  Olhe para trás e veja o teu caminho já trilhado, caminho ao qual não poderás mais trilhar, pois hoje faz parte do teu passado jazido em uma lapide negra.
  Eu sei você quer esquecer a angustia que se passa em seu pensamento, mas acredite as feridas não vão sumir...
  Lágrimas que não param, enquanto a lamina é sucundida discretamente em teu coração, vejo um sorriso e nele a verdade que não quer mostrar, como um sonho que deveria ter terminado, mas que não tem fim...
  Num labirinto sem fim você se afoga em culpa, ainda me pergunto porque... Porque ainda respiras?
  Hoje sei, meu amor é a única coisa que lhe mantêm vivo...
  No fim, tudo que me resta são memorias, e mesmo as que restam não poderiam te salvar, pois são memorias corrompidas, feridas que fazem parte do meu passado, e nunca vão cicatrizar...
  Adeus, pois não posso salva-lo...
Leia Mais...

Colheita mais que Maldita!

terça-feira, 19 de outubro de 2010

 
  Hoje você colhe a discórdia, fruto do que plantou em meu coração.
  Amanha colheras o meu desprezo consequência das tuas mentiras, em seguida virá a solidão e a certeza de um amor que já não tens, logo após vira o desespero e a culpa cravada em sua testa e o meu ódio envenenando o teu... "FÍGADO"..., Pois sei que não tens coração!...
  Em você plantei o meu amor para que suas raízes cresçam e sufoque teus orgaos, e isso será mortal.
  E por fim você colheu a certeza da infelicidade e isso matará tua alma!...
Leia Mais...

Cartas em Branco

sábado, 16 de outubro de 2010



  Suas cartas estão em branco, não vejo mais as letras nelas escritas, vejo apenas o nada, talvez seja porque hoje vejo através das tuas mentiras...
  As vendas caíram...
  Vendas que cobriam meus olhos, vendas que escondiam você...
  O teu quebra-cabeças foi montado, e dele uma criatura se formou...
  Desde então não o reconheci mais, afastado da escuridão la esta você, em um lugar onde possa te enxergar e ver quem você realmente é...
  Arranquei a casca da tua ferida apenas para velo sangrar, pena não ser o bastante para te machucar, mais um dia te verei extremamente magoado, talvez não o suficiente mais isso será o bastante...
  As tuas cartas em branco, hoje te mando preenchidas apenas com uma única palavra, e essa palavra é ''Adeus...''
Leia Mais...

Mascara Face.

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

 

   A mascara, o disfarce dos mentirosos... a desculpa perfeita para a omissão...
a cura para a imperfeição...

  Oh mascara face...
escondido na perfeição jaz um mal e esse mal é você...
a crueldade de um ser, antes perfeito para mim...



  Ela era seu refugio eu sei...
agora no seu passado jaz...
quebrada em varias partes...
cacos sangrando ao chão...
partes do teu falso rosto...
pedaços do meu coração...

Não precisas mais se esconder meu amor...
sua mascara caiu, agora eu sei quem você realmente é...
um ser imperfeito mais que qualquer um outro...
descanse em paz amor...
adeus, hoje aqui jaz... você...


 Mascaras escondem faces, não corações. Eu te desmascarei.

Leia Mais...

Coração Palido


Em minhas mãos o meu coração esta sangrando com um punhal perfurado no centro de sua artéria principal, e uma grande emoragia segue junto com os seus pedaços que caem como cacos e se despedaçam em contacto com o chão, uma situação irreversivel e incrivelmente dolorosa eternamente queimando como uma chama vermelha ardente que me machuca cruelmente.

Mais isso tudo tem um nome uma situação e uma decepção...
Leia Mais...
 
Emoções Escritas. © Copyright | Template By Mundo Blogger |