Veja o Mundo da minha maneira.

Silencio

sexta-feira, 12 de agosto de 2011


Seu silencio me consome, me derrota, me deprime, me aprisiona lentamente como provas de um crime que me atormenta nas minhas noites sozinho, na sua mente uma infinidade de pensamentos desconhecidos por mim, na minha, um ponto de interrogação que me enlouquece, demasiadas vezes me sinto a mercê de pensamentos dolorosos e a contribuir com cada lagrima que cai dos meus olhos...

1 Comentário:

Gabriel Cavalcante em 5 de outubro de 2011 13:34 disse...

Já passei por isso. Se libertar é uma bênção, conseguir se acostumar com isso é uma vitória.

Postar um comentário

 
Emoções Escritas. © Copyright | Template By Mundo Blogger |